touro

Taurinos do mundo, uni-vos

Taurinos do mundo, uni-vos! Li que estão querendo devolver a Plutão o título de planeta. Acho justo, mas desde que ele carregue consigo uma nova geração de colegas. Pois o rebaixamento de Plutão em 2006 teve ao menos um bom efeito: a promoção de Ceres, um enorme corpo celeste do cinturão de Kuiper, que na mesma época passou a ter ambições planetárias.

Vocês, como Virgem, também estão há tempos aguardando um planeta para chamar de seu. Ceres pode muito bem ser esse planeta. Vênus, a atual regente, enjeitada para o signo, está sempre muito ocupada com Libra, e no final das contas o negócio de vocês não é cooperação, harmonia e beleza; o negócio de vocês é comida. Não me entendam mal. Vocês só precisam de uma história que conceda dignidade mítica aos aspectos mais caricatos da pessoa taurínea.

O que não falta a Ceres é dignidade. Ela foi a deusa da agricultura, mãe de Perséfone, raptada por Hades (ele mesmo, Plutão). Ao perder a filha, passou a negligenciar o plantio e as colheitas, recusando-se obstinadamente a trabalhar – contra todos os apelos de um mundo faminto e estéril – enquanto não fosse ouvida em seu lamento. Até que Zeus fez um pacto com Hades, de modo que Perséfone passasse seis meses por ano no submundo e outros seis meses sobre a terra. O pacto deu certo, até porque Perséfone acabou gostando de ser a rainha dos infernos durante o outono e o inverno, reemergindo ciclicamente para felicidade da mãe na primavera e no verão.

Notem como estão aí não apenas o tema da comida (a agricultura, as colheitas, os cereais), como também o dos ciclos de escassez e abundância (relacionados não apenas às estações, mas também ao dinheiro, ao salário, aos recursos que entram e saem todo mês). Mas, acima de tudo, estão aí a constância, a teimosia, a justa obstinação – e a capacidade de não arredar o pé enquanto as coisas não forem feitas do seu jeito.

Então, mesmo que Vênus mantenha a regência de Touro, precisamos de Ceres para compreender melhor seu arquétipo, que é inclusive o oposto complementar de Escorpião (o dos infernos, esse mesmo, regido por Plutão). Há um elemento trágico que interage aí com o bom senso e a constância, e cria uma balança peculiar entre esses dois signos. Interesante pensar como Ceres e Plutão chegaram a um acordo, e imaginar que Touro e Escorpião têm algumas negociações a fazer também.

Portanto, taurinos, não aceitem que Ceres fique novamente relegada a segundo plano. Palavra de ordem: todo mundo vai ser planeta ou ninguém vai ser planeta. Eu, se fosse vocês, fazia até greve de fome se necessário.

2 comentários sobre “Taurinos do mundo, uni-vos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.